De olho

 


Este site, fundado em
maio de 2003, é elaborado por
Marcelo Lefevre,
com a colaboração de
Anderson "Cebolinha" Silveira, Arnaldo Marques Loureiro, Edson "Agnes Gold" Watanabe, Eduardo Garcia (EUA), Eduardo Silva, Felipe Passantino, Jaime Ballalai, Jô "Much Better" Garcia, Milton Blay (Paris), Milton "Giorgio Vergano" Moreno Garcia Jr., Nixon "Grimaldi" Mendonça, Roberto Carlos Micka, Sergio "Clackson" Christianini,
Samir Abujamra.

Patrocinadores:
 Coudelaria F.B.L., Haras Dilema, Haras Moema, Haras Regina, Haras Tango, No Fear Stud, Stud Astor MM,
  Stud Casablanca, Stud Champion Spirit, Stud Daltex, Stud Figuron e Varanda, Stud Giovanna e Marcelo, Stud Miss Kin, Stud Nicholas e Enrico Jarussi, Stud Turf Paixão, Stud Vale dos Reis, Thomas Weda Spalding.


Se quiser receber esta coluna
Contato

 

PPR NO FACEBOOK

Para participar clique aqui 

  
                            Edição atual: nº 165                                                                                         Edição anterior:  nº 164     

 

 
 

 
Prazer em conhecê-lo

 

Leio na edição da Revista Turf Brasil desta semana (página A40) matéria intitulada "Presidente da Comissão de Corridas do Jockey Club de São Paulo comemora novas aquisições para o turfe", assinada por Karol Loureiro e Luiz Paulo, e me surpreendo ao saber que o Clube já conta há 3 meses tem um novo Diretor Geral de Turfe. Definitivamente já não sou o mesmo. A propósito, a foto que ilustra a matéria, conforme me informa o Diretor Rodrigo Schulze, não é do Presidente Joaquim Francisco Rodrigues Cesar Neto, mas sim do Superintendente Beto Marinho.

Entre as novidades abordadas no texto, uma trata da renovação da Comissão de Turfe, que com a chegada de Luiz Duarte passou a contar com quatro ex-jóqueis, todos com direito a votos em julgamentos, além dos votos do próprio Presidente e seu vice.

Por falar em julgamentos, gostaria muito de conhecer o Sr. Joaquim Francisco e seu vice, além de rever os quatro saudosos pilotos - Meneses, Barroso, Massoli e Duarte -,  e para que este nosso futuro contato não fique meramente no social e no cafezinho, sugiro que possamos analisar juntos as imagens do segundo páreo disputado em Cidade Jardim na última segunda-feira, vencido por Dengosa Bianca, sobre o qual tenho algumas colocações a fazer.

Se for possível, desde já agradeço o convite. 

 


O Brasil só é solidário na dor.
(Tutty Vasques)
 

 

Tema musical  

Nesta quinta-feira Al Jarreau, veterano crooner, hoje com 74 anos, uma verdadeira instituição da música internacional - 30 discos, 7 Grammys - fez com sua banda um show em São Paulo, celebrando a amizade de meio século com outra lenda da música, George Duke. Suas canções, com uma voz macia, ocuparam o dial dos rádios do mundo inteiro durante anos e anos, e uma delas selecionamos para esta edição: We're in this love Together. Espero que apreciem.
 

Você sabia?

ELVERDUGO TRICOLOR é um 3 anos por Core Business e In The Beach, por Romarin, de criação e propriedade do Stud Piccollino de João Mazza, que fará sua estreia na 5ª prova da domingueira paulistana, sob a condução de W. Santiago e treinamento de V. Barbosa, em Campinas. Se correr como jogou aquele que lhe inspirou o nome, será craque.

 

EL VERDUGO TRICOLOR é Pedro Virgilio Rocha Franchetti (1942-2013), principal jogador da fase mais gloriosa da história do Peñarol onde foi campeão uruguaio sete vezes, tricampeão da Copa Libertadores e bicampeão mundial interclubes em 1961 e 1966, sendo o único jogador uruguaio a disputar quatro Copas do Mundo, de 1962 a 1974.

Em 15 de setembro de 1970 Pedro Rocha transferiu-se para o São Paulo, alguns dias depois do Tricolor do Morumbi ser campeão paulista e por fim ao maior jejum de títulos de toda a sua história. Na época, o São Paulo acabara de concluir a construção do Estádio do Morumbi e objetivando terminar com o jejum e voltar a conquistar grandes títulos, passou a se focar no elenco de atletas, contratando várias estrelas como Gérson, Pablo Forlán, Toninho Guerreiro e o próprio Rocha, que ficou conhecido como Verdugo, isto é, "carrasco", já que com sua enorme habilidade castigava sem piedade seus adversários. Campeão Paulista em 1971 e 1975, Rocha foi se firmando como o maior craque e ídolo do time e foi o primeiro jogador estrangeiro a ser artilheiro no Brasil, sendo goleador do campeonato brasileiro em 1972 pelo São Paulo com 17 gols, dividindo a artilharia com Dario, o popular Dadá Maravilha. Rocha permaneceu no São Paulo até 1977, tendo atuado 375 vezes e marcado 113 gols.

Em 1990 foi eleito pelos leitores da Revista Placar, como meia, ao lado de Raí, do "Time dos Sonhos" do São Paulo. Em outra eleição feita entre sócios e dirigentes do clube em 1998, Rocha foi eleito o segundo melhor ponta de lança da história do clube, atrás apenas de Zizinho. Para mim, Pedro Rocha está para o São Paulo, assim como Ademir da Guia está para o Palmeiras, Rivelino para o Corinthians e Zito para o Santos. Um craque de primeira grandeza.

Rocha morreu em 2 de dezembro de 2013, na cidade de São Paulo, na véspera de completar 71 anos.
 



 

                     

 

Vem aí novo concurso 

A partir de setembro o PPR promoverá um novo concurso para os turfistas, especialmente, mas não exclusivamente, os de São Paulo, que oferecerá como prêmio um jantar com direito a acompanhante no delicioso restaurante Di Andrea localizado na Estrada Caucaia do Alto 2250, Cotia, próximo da capital. O certame que se chamará Sem Errar, constará apenas de 7 indicações durante todo o mês para as reuniões de sábado, domingo e noturnas em Cidade Jardim e/ou Gávea, quem acertar as sete e tiver a maior soma de rateios será o vencedor, se ninguém acertar vence quem fizer mais pontos. Não valerão pules inferiores a 2/1. O regulamento completo publicaremos na próxima edição, mas quem já quiser se inscrever basta entrar em contato comigo, pelo email marcelo@pegapelorabo.com.br, pela minha página pessoal Marcelo Lefevre no Facebook ou pela página do PPR àqueles que participam, ou mesmo pessoalmente em Cidade Jardim.

Para já dar água na boca dos turfistas, seguem abaixo algumas fotos do aconchegante local e de pratos do cardápio.

PS - Aviso aos "laranjas", nem percam seu tempo tentando inscrever esposas, empregadas ou vizinhos, porque não vai rolar mesmo, o concurso é destinado somente a turfistas.

 
 








 

 

O campeão voltou

Quem seguiu o nosso catedrático na semana passada não tem do que reclamar, ele acertou Condecorado (1,9), Gin Tonic (12,3), Rajagabaglia (1,1), Desejada Put (4,2), Last Kiss (1,8) e Moving Along (1,30), além da exata Colorado Girl/Bella Marcia (2,1) e a dupla Trigress Of Iron/Califórnia Doll (3,5). Grateful Again fez forfait. Anotem as marcações para esta jornada.
 

GÁVEA

 

Sexta Feira

1º páreo - Com as ferraduras de alumínio e correndo na expectativa, London News (1) poderá vencer com bom rateio.

5º páreo - Agora no claiming, Le Escorpion (1) deve vencer com facilidade, para secundar, Princesa Bibi (2) vai figurar com destaque.

Sábado - pista de areia

2º páreo - Vindo de mais para mais, Faretinato (6a) é firme para os concursos. Na grama Hijo Lejano (2).

3º páreo - Khuraim (7) com bons trabalhos não deverá decepcionar na pista de areia. Grama Nicanor (6).

Domingo - pistas de grama e areia

2º páreo - O potro do TNT Anthony Quinn (4) teve grande participação em eliminatória forte, agora é o animal a ser batido.

5º páreo - Falam maravilhas de Campeoníssimo (3), deve vencer. Outro potro comentado é Senhor Canadá (1), forma exata 31.

Segunda Feira - pistas programadas

1º páreo - Mister Siphon (5) em grande forma deverá vigiar de perto o favorito e o único veloz Fair Game (6).

3º páreo - Voltando à distância alongada, La Maritima (1) deverá ser a vencedora, Venia (2) mesmo dando peso a sua adversária, formarão a exata, 12.

 

 

CIDADE JARDIM

 

Sábado - pistas programadas

3º páreo - Quem disse que não tem barbada ou páreo corrido? Gaja Barbaresco (2) na última se algum animal apertasse, bateria o recorde.

7º páreo - Incrível a performance de Gaudí (3), na última foi um passeio, agora mesmo na milha vai repetir.

Domingo - pistas programadas

4º páreo - Senatus (1a) aprecia os 3km, deverá vencer. Valerianus (6) tem pinta de abrir vários corpos, podendo formar a exata 1a-6.

6º páreo - Impossível marcar contra Lamonete (2), para segundo Oftentimes (6), que correu para tempo melhor no dia. Exata 26.

 

Segunda Feira - pistas programadas

2º páreo - Intruder (7) terá corrida favorável, podendo largar e acabar.

8º páreo - A potranca Mizuki (1) tem bons trabalhos, por isso foi inscrita direto na areia. Pule boa.

 


 

 

 

Direto de Londres

QUEM QUER A PAZ - Mediados pelos egípcios, palestinos e israelenses estão enfim negociando, indiretamente é verdade, mas pelo menos o diálogo ocupa o espaço das bombas. Oficialmente, o objetivo é chegar a um acordo de cessar-fogo definitivo entre o Hamas, que domina a Faixa de Gaza, e Jerusalém. Mas o desafio parece ser quase inatingível. O Hamas quer continuar a guerra, seja qual for o preço pago pela população da Faixa (quanto mais mortos, melhor), para forçar Israel a acabar com o bloqueio do enclave. Por isso, exige a construção de um porto e de um aeroporto internacional, além da reabertura das fronteiras, sobretudo da maior delas, com o Egito.

O problema é que o governo israelense não poderá nunca aceitar essa solução sem um desarmamento total e verificável do Hamas – já que deixaria o movimento radical islâmico livre para adquirir mais armas, mais poderosas, para continuar atacando Israel. O Irã e o Hezbollah estão prontos a fornecer todo o equipamento militar necessário ao Hamas para infernizar a vida de Israel. Os dirigentes do Hamas não podem aceitar um desarmamento, pois isso ameaçaria o seu poder político em Gaza. O fim de Israel é o leitmotiv da existência do movimento, que em sua Carta de princípios diz que o profeta (Maomé) ordena cada muçulmano a matar todos os judeus em todo o mundo; cita os Protocolos dos Sábios de Sião, acusa os judeus de controlarem o mundo através da Liga das Nações e das Nações Unidas, de terem sido responsáveis por duas guerras mundiais e de controlarem o mundo pelo dinheiro judaico.

O Hamas não tem saída: se abandonar as armas, morre politicamente. Estamos portanto na situação do cachorro que morde o próprio rabo, girando em círculos, indefinidamente. O paradoxo é que Israel também hesita em liquidar o Hamas, porque poderia abrir caminho para grupos ainda mais radicais, como o Estado Islâmico, que recentemente fundou um califado em parte da Síria e do Iraque e que, em termos de violência, nos faz sentir saudades de Osama Bin Laden.

Isto explicaria porque Israel não foi até o fim desta guerra, permitindo que o Hamas mantivesse intacto um arsenal de mais de 3 mil foguetes e quilômetros de tuneis operacionais. Como não ha uma estratégia política mais ampla da parte do governo israelense, de dois Estados, lado a lado, vivendo em paz e segurança, o status quo é a única perspectiva. O cenário deverá se repetir nos próximos dias, meses ou anos: foguetes palestinos, seguidos de bombardeios israelenses, seguidos de tréguas...
 

Na próxima edição, Milton Blay abordará o panorama eleitoral após a morte de Eduardo Campos.


Correspondente em Paris há 35 anos, Milton Blay pode ser ouvido em boletins diários nas rádios BandNews FM e Bandeirantes AM. Além do PPR, escreve semanalmente no site Por Dentro da Midia e no Jornal Metro.
 


 

Finalmente  

Nesta 5ª feira no Cristal o Stud Turfe Polêmica obteve sua primeira vitória com o cavalo Troveiro, um 4 anos filho de Fritz e Speed Chief, por Spark Chief, que teve a direção do excelente jóquei de Pelotas C. Farias, com treinamento do pelo jovem e competente Adriano Soares, marcando o excelente tempo de 1'02'' 7/10 para os 1000 metros.

Troveiro, uma doação do turfman pernambucano Serginho Paiva, foi o primeiro cavalo do Stud Turfe Polêmica, comunidade que conta com mais de 2000 membros, sendo 40 sócios cotistas que mantém acesa essa linda chama que é um exemplo para o turfe nacional, entre os quais Claudio Dargevitch (Coudelaria F.B.L.), Alcebíades Azevedo (Stud Instante Mágico), Sergio Coutinho Nogueira (Haras Regina), Julinho Camargo (Haras Old Friends), Fabio Prado (Stud Dafama), Raul Carneiro (Stud Giovanna e Marcelo), Enrico Jarussi (Stud Nicholas & Jarussi), Paulo Karam (Presidente do Jockey Clube de Fortaleza), Renato Braga (Presidente do Jockey Clube de Pelotas), Paulo Irineu e Luis Felipe Pelanda (Haras Rio Iguassu), Charlie Georges (Haras Ponta Porã), Marcelo Augusto da Silva (Stud Figuron & Varanda), Renato e Bruno Muoio (Stud Nova Gloria), Elizabeth Salles (Stud La Beth), e mais Nilson Genovesi, Laércio Sabato, Roberto Magela, Dorival Conde, Afonso Américo, Marco Rangel, Nelson Sakae, Igor Parente, Roger Cunha, Fabio Leon, Sergio Knella, Joao Carlos Paiva Dias, Ramiro Curi Lemos. Os administradores são Ricardo 'Kojak' Ravagnani, Roberto Fonseca, Aron Correa, Rodrigo Schulze, Serginho Paiva e Almirante.

Parabéns a todos e que esta seja a primeira de muitas vitórias. (Colaborou Almirante)

Clique aqui e veja como foi. 
 


 

Noturna diferente 

Na esteira da nota publicada em nossa edição anterior, o turfman Jorge Castro não gostou nada de saber que no próprio recinto do Jockey Club as moças candidatas a Miss São Paulo desfilaram de biquíni, quando ele as viu apenas de traje social e naquelas horrorosas e descascadas arquibandas do clube. Mas tudo bem, o PPR mostra aqui a candidata vencedora, representando Ribeirão Preto, a representante de Araras que foi o voto deste cronista e que parece chegou na trifeta, e uma visão geral do belo salão Luiz Nazareno. 
 






 

Apaixonada por cavalos

Semana passada nossa protagonista foi Subeida Mendonça, titular do Stud Rancho 3 de Goiânia, nesta edição a estrela é Andréa Portes, titular do No Fear Stud, que também é completamente apaixonada por cavalos, e por cachorros também. As fotos abaixo, com três cavalos diferentes de sua propriedade, foram extraídas da página da turfwoman no Facebook, entre centenas de outras. Quando Subeida Mendonça mais numa vez nos honrar com sua vista a São Paulo, farei questão de apresentar as duas, só não garanto que terei tempo para ouvir as horas e horas que as duas gastarão falando sobre cavalos.
 






 

Quando será III?

Vamos manter a nota abaixo publicada em nossa edição anterior, até uma resposta do Jockey Clube de São Paulo.

A propósito das recém concluídas estatísticas referentes ao ano hípico 2013/2014, quando será que o Jockey Club de São Paulo promoverá a tradicional festa, inclusive com entrega de prêmios, aos vencedores, entre os quais o treinador José Luiz Aranha, que vemos na foto abaixo em pleno Camp Nou, em Barcelona. Ou será que o Clube resolver terceirizar o evento e nada mais? Aguardamos a informação, com a palavra o Assessor de Imprensa do JCSP Marcus Pilão.
 


Argemiro e o Disco B

O folclórico e bizarro turfista apareceu meteoricamente no prado na última noturna (será que tinha alguma barbada?), e comentou que está com muitas saudades do famigerado Disco B. Em nossa próxima edição o chargista Arnaldo Loureiro ilustrará esta notícia, nesta semana por motivos particulares e justos ele fez forfait, e deverá fazer no sábado também em Cidade Jardim.
 

Um Café Por Uma Barbada e Rede Turfe na TV

O entrevistado da flamenguista Karol Loureiro esta semana é o botafoguense e titular do Stud Giovanna e Marcelo, meu amigo Raul Carneiro, um dos TOP 5 dos torneios no turfe brasileiro. Se os times de ambos estão na ZR do Brasileirão, o programa 1 Café por 1 Barbada e as indicações do catedrático com certeza não estão, vale a pena conferir. Já o programa Rede Turfe na TV desta semana apresenta reportagem com a Escola Nacional de Profissionais do Turfe, além de entrevistas com o treinador paranaense M.V.Lanza, com o jóquei Marcelo Gonçalves e com o mais novo membro da Comissão de Corridas do JCB, Jorge Poletti. Apresentação do jornalista João Carlos Faro, participações de Joemil de Sousa, Fernando Lopes e Jorge Ignacio.

Cliquem aqui e confiram tudo via site do JCB.

 

Moda Turfe

Quando eu era casado (fui durante 19 anos) e minha esposa comprava uma bolsa nova, lembro que ela ficava muito brava quando eu não fazia nenhum comentário, e não fazia porque realmente não dava muita bola para bolsas, e aliás continuo não dando, nem para sapatos. Sei que nesta seção já publiquei algumas fotos de bolsas para nossas leitoras, inclusive uma muito bonita que cliquei em Paris no hipódromo de Saint-Cloud, que com certeza não é igual a nenhuma destas abaixo. Se por acaso já repeti alguma, é só porque gostei dos modelos, e claro, muito mais dos cavalo.






 

Cruzando na frente

Querendão do Stud Nicholas & Enrico Jarussi aparece na primeira foto estreando com vitória em Cidade Jardim na última noturna. Na segunda imagem vemos Cara Mari do Stud Miss Kin chegando na frente no último páreo da noturna na Gávea. Super Fratello do Regina ganhou em ritmo de trabalho forte na domingueira carioca, o segundo não saiu na foto. E Vingador Mascarado do Casablanca faturou mais uma no Cristal. A todos os nossos cumprimentos.






 

 

Joqueadas da semana

Uma joqueada internacional esta semana, falamos de Altair Domingos com Ganesh no Clásico Comparacion (G2) em Palermo, direção espetacular, um final cabeça-a-cabeça de perder o fôlego, vale a pena clicar aqui e acompanhar. Chamamos ainda a atenção para a narração extremamente profissional do locutor argentino.

Cabe ainda uma menção honrosa para o jovem M. S. Machado pelo conjunto da obra e especialmente pela linda vitória com Arabian Given no 8º páreo da noturna carioca. 


A. Domingos e seu admirador Lima Duarte

 

Pixotada da semana

Tudo bem que do jeito que ganhou Bear dificilmente perderia a 5ª prova da sabatina carioca, mas não havia necessidade de Bruno Reis correr o favorito de 1,7 Fernando forçando o ritmo como fez. Correndo mais acomodado pelo menos poderia salvar o placê e não chegaria em penúltimo a 8 1/2 do primeiro como chegou.   

 

Bomba da semana

Desculpem os amigos cariocas, mas Acanto vindo de 12º em 12 no dia 28/7 não poderia ganhar como ganhou em 11/8, não importa que pagou 90/1. Isso não é turfe, é loteria.
 

Banhos da semana

Selecionamos dois esta semana, um na Gávea e outro em Cidade Jardim. No Rio Cries And Whispers, que numa prova de abertura de Pick 3 rateando 1,1/1 conseguiu chegar 4º em 6; Em São Paulo a parelha Generoso e Guns And Roses, favoritos de 1,4, que chegaram respectivamente na 8ª e 5ª colocações num páreo com 8 competidores.

 


 

Que País é esse?

No meio de tanta notícia ruim nesta semana, vamos destacar uma boa, o 'prêmio Nobel' de Matemática ganho pelo carioca de 35 anos Artur Avila (foto), escolhido pela União Internacional de Matemática para receber a Medalha Fields, a mais importante premiação da área. Como nem tudo são flores, vale lembrar que Avila (que tem cidadania francesa), mora desde 2003 em Paris, onde hoje é Diretor de Pesquisa no Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS, na sigla em francês). Ao Brasil só vem em férias, se vier...

Outra notícia que me chamou a atenção foi que o governo pernambucano publicou em 29 de julho o decreto 40.923/2014, que proíbe natação, mergulho, além de surfe, body boarding e atividades náuticas similares, em praias interditadas por risco de ataques de tubarões. Agora pasmem, o decreto diz que "em caso de desobediência, o infratores poderão ser levado à delegacia"!!! É claro, se deles ainda sobrar algum pedaço.
 


 

 

Futebol

Terminou a Libertadores com a vitória suada do San Lorenzo gol um gol de pênalti, e na Inglaterra já reina enorme preocupação entre os bookmakers que começam a receber apostas para a final do Mundial, já que a torcida do Madrid acredita que o chocolate será maior do que aquele que o rival Barcelona aplicou no Santos pelo mesmo torneio em 2011. Existem ainda aqueles que apostam que o time do papa nem chegará a disputar a final contra os merengues, ficando pelo caminho como ficaram Internacional e Atlético MG.

Pela Copa do Brasil, os três grandes (existem grandes ainda?) deram vexame, o maior foi sem dúvida o do Internacional, que conseguiu perder as duas do Ceará, mas o do Fluminense não ficou atrás, muito menos o do São Paulo. Sinceramente não achei nada esquisitos os resultados, apenas o triste retrato do atual futebol brasileiro.

Já pelo Brasileirão, a rodada deste final de semana promete emoções, especialmente na ZR, já que Vitória, Figueirense e Botafogo jogam em casa, o Fogão no clássico contra o Flu, os atuais dois últimos na tabela Coritiba e Flamengo jogam entre si no Paraná, o Bahia enfrenta o Corinthians na Arena BNDES, e em São Paulo teremos o clássico Palmeiras x São Paulo. Meu palpite é que dormirão na ZR de domingo para segunda Flamengo, Bahia, Botafogo e Palmeiras, para desespero do turfman Selim Nigri, que a Revista Turf Brasil insiste em chamar de Salim. No G4 ficarão os mesmo quatro Cruzeiro, Fluminense, Inter e Corinthians, a ordem da quadrifeta deixo por conta dos leitores.
 

Santos

Parece inacreditável, mas liguei o rádio na Jovem Pan nesta quinta-feira após a partida em que o Santos venceu o Londrina por 2 x 0 e assegurou sua continuidade na Copa do Brasil, e os comentaristas foram unânimes em atribuir a vitória à espetacular atuação do jogador Robinho, alguns até afirmando que se não fosse ele, o time não passaria de fase. Vamos ver se o craque (?) desequilibra também contra o Cruzeiro na próxima rodada no Mineirão, a Viúva do Cai -Cai acha barbada.

 

Palmeiras

Quando escrevi aqui nesta seção que o técnico Ricardo Gareca, que tem contrato com o Palmeiras até julho de 2015, não alugaria apartamento em São Paulo e nem traria mulher e filhos para o Brasil, me chamaram de terrorista. Pois bem, até o momento ele dirigiu o time em oito partidas, incluindo o amistoso contra  a Fiorentina, obteve três vitórias, um empate e quatro derrotas, mas a família continua na Argentina. A torcida por enquanto só está se manifestando pedindo a saída do presidente e diretores, mas se o time conseguir a façanha de perder para o horrível São Paulo domingo, e se por um absoluto acaso a derrota for por um placar elástico, Gareca pega o boné e vai embora, deixando o time provavelmente na ZR. Resta saber qual será o destino dos vários jogadores estrangeiros do elenco. 

São Paulo

Sem essa bobagem de dizer que o São Paulo entregou o jogo contra o Bragantino para disputar a Sul-Americana no lugar da Copa do Brasil, eu assisti a partida inteira e o time não jogou foi absolutamente nada, com aliás não vem jogando desde a volta da Copa do Mundo. O triunfo contra o Vitória no último domingo só aconteceu porque o atacante baiano perdeu um gol incrível no primeiro minuto de jogo, e porque o beque adversário entregou o primeiro gol para o São Paulo, caso contrário a história seria diferente. Já disse e volto a repetir, alguns jogadores do atual elenco não podem vestir a camisa do São Paulo, entre eles Maicon, Souza, Osvaldo, Paulo Miranda, Edson Silva, Denilson, Ademilson, e o Rogério e o Muricy já podem se aposentar. O nível do futebol brasileiro anda tão baixo, que este horrível time do São Paulo ainda ocupa a 5ª posição no Brasileirão, e se ganhar do Palmeiras no final de semana (só falta perder também...) pode ingressar no G4.  

Corinthians

É impressionante o medo, ou parcialidade, de alguns jovens da nossa imprensa esportiva. O jornal O Estado de S. Paulo desta semana em matéria intitulada "Corinthians arma defesa de Petros", assinada por Vanderson Pimentel e Vítor Marques, refere-se o rumoroso tema como 'uma trombada' e 'um empurrão', quando todos viram que o que ocorreu foi uma agressão.

Depois que o José Genoíno voltou para casa e a assassina Suzane von Richthofen por bom comportamento foi autorizada pela Justiça (?) a deixar a  prisão e cumprir pena em regime semiaberto, não duvido nada que o punido no caso Petros seja o árbitro Raphael Claus, por dar uma 'pescoçada' na mão do jogador. Vamos aguardar o julgamento na próxima semana.  

 

 
 


Apoio produção do Pega Pelo Rabo:

MARCELO LEFÈVRE
Consultor em RH

Currículos, entrevistas e seleção de profissionais


Apoio divulgação do Pega Pelo Rabo:


O ponto de encontro da inteligência com a sensibilidade.