Selinho
 


Este site, fundado em
maio de 2003, é elaborado por
Marcelo Lefevre,
com a colaboração de
Anderson "Cebolinha" Silveira, Arnaldo Marques Loureiro, Edson "Agnes Gold" Watanabe, Eduardo Garcia (EUA), Eduardo Silva, Felipe Passantino, Jaime Ballalai, Jô "Much Better" Garcia, Milton Blay (Paris), Milton "Giorgio Vergano" Moreno Garcia Jr., Nixon "Grimaldi" Mendonça, Roberto Carlos Micka, Sergio "Clackson" Christianini,
Samir Abujamra.

Patrocinadores:
 Coudelaria F.B.L., Haras Dilema, Haras Moema, Haras Regina, Haras Tango, No Fear Stud, Stud 13 (Recife)Stud Astor MM,
Stud Casablanca, Stud Champion Spirit, Stud Daltex, Stud Figuron e Varanda, Stud Giovanna e Marcelo, Stud Miss Kin, Stud Nicholas e Enrico Jarussi, Stud Turf Paixão, Stud Vale dos Reis, Thomas Weda Spalding.


Se quiser receber esta coluna
Contato

 

PPR NO FACEBOOK

Para participar clique aqui 

  
                            Edição atual: nº 175                                                                                         Edição anterior:  nº 174     

 

 
 

 
Agradecimentos

 

Para não atrasar muito a edição, uma Mensagem bem rapidinha esta semana.

Primeiro agradecer o gentil convite recebido do JCB, por meio da Approach Comunicação Integrada, para o coquetel de lançamento do seu novo site de apostas que acontecerá nesta sexta-feira dia 24 de outubro. Se tivesse vindo acompanhado de uma passagem aérea, eu iria com o maior prazer.

Segundo agradecer de público ao amigo, turfman e ator Lima Duarte pelo depoimento dado para a campanha de Aécio Neves, vamos torcer para que renda muitos votos e que o Brasil possa finalmente se ver livre do PT.

Terceiro e último para agradecer os patrocinadores que até o momento já renovaram seus vínculos anuais com o PPR, que me permitiam adquirir um belíssimo Acer que já está sendo devidamente preparado pelo meu técnico para estrear nas pistas brevemente.  

 

"Por mais violento que seja o argumento contrário, por mais bem formulado, eu tenho sempre uma resposta que fecha a boca de qualquer um: «Vocês têm toda a razão».
(Millôr Fernandes)
 

 

Tema musical  

Como afirma com sabedoria Lima Duarte, a grande maioria dos amantes da boa música e admiradores de Cole Porter, como ele, tem seu 'Cole' preferido, que todavia costuma mudar de tempos em tempos, dependendo, é claro, do estado de espírito da pessoa, e até do maior conhecimento das inúmeras e lindíssimas canções deste fantástico compositor. A preferida do ator, no momento, chama-se It's Alright With Me (Está Tudo Certo Comigo), que aqui apresentamos numa interpretação histórica do grande Frank Sinatra, arranjo simplesmente de Quincy Jones. Em nossa próxima edição você ouvirão o 'Cole' preferido do nosso emérito colaborador Samir Abujamra. Os leitores que quiserem nos mandar mensagens informando suas canções preferidas de Porter sintam-se à vontade, as receberemos com o maior prazer, porém seremos obrigados a selecionar aquelas do nosso maior agrado, até porque são tantas e tantas, que sem este filtro nosso ciclo Cole Porter não teria mais fim. A minha preferida será a última da série.
 


 

Você sabia?

Poseidon é um castanho 4 anos filho de Hard Buck e Coupole, por Tsunami Slew (USA), de criação e propriedade do Haras Mabruk de Samir Abdenour, que retorna após 10 meses na quinta prova da domingueira paulistana, dirigido por José Aparecido e treinado por W. G. Tosta, em Campinas. Se voltar em forma e lembrar da turma que frequentava, poderá perfeitamente ganhar, e certamente com bom rateio.

Poseidon, também conhecido como Netuno para os romanos, era o grande Rei dos Mares, um homem muito forte, com barbas e sempre representado com seu tridente na mão e as vezes com golfinhos. Era filho de Cronos, Deus do Tempo, e da Deusa da Fertilidade Réia, e sua casa era no fundo do mar, de onde com seu tridente causava maremotos, tremores, além de fazer brotar água do solo. Poseidon era casado com Anfitrite, mas quando se conheceram ele apaixonou-se, mas ela o recusou e ele então obrigou-a a casar-se, porém para não casar, ela escondeu-se nas profundezas do oceano, só sua mãe sabia onde estava. Com o tempo, todavia, Anfitrite mudou de ideia e foi atrás de Poseidon com quem se casou e ficou sendo a Rainha do Oceano. Com ela Poseidon teve um filho chamado Tritão, que aterrorizava os marinheiros com um barulho espantoso que fazia quando soprava o búzio, um instrumento, embora dele tirasse também sons maravilhosos. Entretanto, na sua vida Poseidon teve muitos outros amores, e fora do casamento teve mais filhos, todos famosos por sua crueldade, os dois mais conhecidos foram Ciclope e o gigante Orion. Poseidon também disputou com Atena, a Deusa da Sabedoria, para ser a divindade da cidade hoje conhecida como Atenas, capital da Grécia, porém Atena ganhou a competição e a cidade ficou conhecida com o seu nome. Poseidon é também o pai de Pégaso, um cavalo alado gerado por Medusa, por esse motivo sempre esteve muito ligado aos cavalos, tendo sido o primeiro a colocá-los na região. Outro caso de amor muito conhecido de Poseidon foi com sua irmã Demeter, ele a perseguiu e ela para evitá-lo se transformou numa égua, porém ele se transformou em um garanhão e com ela teve um encantador cavalo, chamado Arion. 
 


 

Uma vida dedicada ao Turfe 

A missa de 7º dia do já saudoso Chico Catapani acontecerá no próximo sábado, dia 25 de outubro, às 15 horas, na Paróquia São João Batista, localizada na Rua Coronel Marques, 174, Tatuapé. Esta informação me foi passada pelo amigo, turfista e filho do 'Mago das Barbadas' Zé Luis, que comentou que a cerimônia foi marcada por uma tia sua, que certamente não conhece os usos e costumes dos turfistas nos finais de semana.
 


Família Catapani
 

 

O campeão voltou

Três vencedores e quatro placês foram os acertos do nosso catedrático na semana que passou, a saber Oregon Pine (1,6), Born To Be Happy (2,7) e Olympic England (1,8), e mais Billy Hunter (1,2), Asciutto (1,2), Old King Cole (3,2) e Marcado (1,7). Para esta semana suas indicações seguem abaixo.

 

GÁVEA
 

Sexta Feira

1º páreo - Neste claiming desfalcado de valores, Sambista (2) abre o Pick 3 inicial.

3º páreo - No Mucho (3) vai gostar do ritmo da prova, devendo correr na expectativa. Pode triplicar o capital.

Sábado - pistas programadas

2º páreo - Voltando a competir só com as fêmeas, Begin To Begin (7) é a égua a ser batida.

6º páreo - Agora na sua turma, Baby Julia (6) não deverá perder.

Domingo - pistas programadas

3º páreo - El Caudilho (3) sobra muito e deve vencer, Araribóia (2) melhor balizado forma a exata 3/2.

4º páreo - Nambú Guaçú (6) vem de fácil vitória, podendo perfeitamente bisar.

Segunda Feira - pistas programadas

6º páreo - Quick Mambo (8) acaba de vencer em ótimo tempo, podendo repetir. Pule interessante para os concursos.

7º páreo - Voltando para sua distância e na escala de peso, Royal Victory (6) é força com algum destaque.

 

CIDADE JARDIM

 

Sábado - pistas programadas

4º páreo - Parece que chegou a vez de Daltiva (3), vem de duas ótimas atuações.

8º páreo - A turma enfraqueceu para Fast Mango (5), devendo figurar com destaque.

Domingo - pistas programadas

3º páreo - A corrida é muito favorável para Northland (5), podendo largar e acabar.

5º páreo - Apesar de longa inatividade, Poseidon (2), destaque da nota Você sabia?, é bem superior à turma.

Segunda Feira - pistas programadas

3º páreo - Muito forte esta parelha Rápida e Veloz (3), agora mais aguerrida, e Raiz Forte (3a), que vai figurar com destaque. É viável até a dobrada.

7º páreo - Guns And Roses (7), despencando para um claiming camarada, é o fechamento do Fast 6. E depois Zé Maria, Marcão e Antunes não venham dizer que não avisei.


Dargevitch e 'Clackson' dividindo uma bolada
 

 

Direto de Paris

Lula, a agressão tucana e o holocausto - Nesses dias que separam os dois turnos da eleição presidencial, decidi, como muitos, "dar um tempo" no Facebook, que se transformou, na falta de uma Convenção de Genebra virtual, em um campo de batalhas sem lei, portanto sem limites. Os "amigos" de antes deixaram de ser adversários políticos para se tornar inimigos. Para aqueles que rejeitavam a guerra sobraram duas possibilidades: a trégua ou o abandono dos "amigos" através do clique deletar. Fiz os dois: aqueles que babavam ódio desapareceram da tela do meu computador. Limitei-me a "laicar" os posts com os quais concordava, cada vez mais raros.

Infelizmente, me vejo obrigado a violar o cessar-fogo. O responsável, Luis Inácio Lula da Silva.

Não me manifesto aqui como jornalista, muito menos como correspondente em Paris e funcionário da Band. Falo em nome pessoal, como cidadão e como judeu, embora ateu. Senti-me profundamente ferido pelas palavras pronunciadas por Lula em Pernambuco, referindo-se aos lideres tucanos: "De vez em quando, parece que estão agredindo a gente como os nazistas agrediam no tempo da Segunda Guerra Mundial", disse Lula, ao lado da presidente Dilma Rousseff sobre um trio elétrico no centro do Recife, para um público de 52 mil pernambucanos.

Algumas pessoas podem até achar engraçado, argumentar que Lula não é exatamente um historiador e que no improviso diz besteiras. Mas não é verdade. O ex-presidente sabe perfeitamente o que fala e pouco se importa com o significado daquilo que diz, desde que possa lhe trazer algum beneficio (no caso, votos para a sua candidata).

Lula, o senhor pode não ter frequentado os bancos da escola, sabe contudo que os nazistas agrediam os judeus, ciganos, homossexuais, amontoando-os nos trens que seguiam rumo a Auschwitz, Treblinka, e outros campos de extermínio. Muitos morriam durante a viagem. Ao ali chegar eram despojados de seus parcos pertences. Os homens eram separados das mulheres. As crianças, de seus pais. Em Birkenau, os judeus recebiam por dia um pedaço de pão, nada mais. Muitos não tinham sapatos, andavam de pés nus na neve, a 20, 30 graus abaixo de zero. 6 milhões morreram, ou melhor, foram assassinados, no maior genocídio da História. Dezenas de milhares perderam a vida nas câmaras de gás, antes de terem seus corpos queimados nos fornos para não deixar vestígio. 6 milhões morreram, Lula. Seis milhões de vítimas do que o senhor chama "agressão nazista". Uma agressão que tinha nome: solução final.

Visitei recentemente o cemitério israelita de Berlim, perto da grande sinagoga, um espaço vazio, sem lápides. Os nazistas aos quais o senhor se refere, destruíram todos os túmulos e jogaram fora o entulho para apagar a existência dos judeus e louvar a raça pura. Saiba que os pais, os avós dos judeus brasileiros, de cada um deles, choraram a morte de entes queridos durante a Segunda Guerra. Minha avó, antes de falecer, já muito doente, fez questão de obter a nacionalidade brasileira, como uma forma de agradecimento pela acolhida que recebeu. Cantou o hino nacional com o que ainda lhe restava de memória. Teve de ser ajudada. Ao final, orgulhosíssima, colocou a assinatura trêmula no papel. Hoje, tenho certeza, ela estaria envergonhada.

Muitos dirão que as palavras de Lula foram "apenas" simbólicas, que queriam "apenas" mostrar o quanto os tucanos agridem os petistas. Mas Senhor Lula, os símbolos têm enorme valor, sobretudo em política. O senhor sabe disso melhor que ninguém. O senhor, que leva sempre consigo a epopeia do retirante nordestino...

Le Pen, o neofascista francês, foi processado e condenado por muito menos.

É verdade que a comparação entre tucanos e nazistas foi feita no Brasil, em Recife, em meio à festa, quando o senhor discursava entusiasmado em cima de um carnavalesco trio elétrico, e não na França.

Senhor Lula, travestir a história chama-se revisionismo. Ao minimizar as "agressões nazistas", ao compará-las às bicadas tucanas, o senhor se torna um revisionista. É triste, ainda mais da parte de um ex-presidente da República.

Suas palavras foram indignas, para não dizer indecentes!

 

Nota da redação - A imagem abaixo é do campo de concentração de Auschwitz, na Polônia, aberto em abril de 1940. A mensagem: "O trabalho liberta".

 


Correspondente em Paris há 35 anos, Milton Blay, autor do livro "Direto de Paris, Coq au Vin com Feijoada" pode ser ouvido em boletins diários nas rádios BandNews FM e Bandeirantes AM. Além do PPR, escreve semanalmente no site Por Dentro da Mídia e no Jornal Metro.
 


 


 

 

Procura-se um patrocinador  

Para quem não está lembrado no nosso antigo colaborador e chargista Tiago Judas, selecionamos um de seus trabalhos mais bem feitos, publicado tempos atrás no PPR, numa ocasião em que o bizarro e folclórico turfista Argemiro do Bom Retiro (no canto superior esquerdo da charge, de cartola e fumando charuto) sugeriu, caso presidisse o JCSP, que os páreos fossem disputados sem cavalos, apenas entre os jóqueis, com os 'animais' assistindo nas arquibancadas, acompanhados de torcedores dos principais times de São Paulo, devidamente caracterizados, como vocês poderão perceber. Quem se dispuser a patrocinar, terá seu nome destacado em cada charge, além de um banner especialmente produzido pelo próprio artista e publicado semanalmente em todas as nossas edições. Aguardo os interessados.
 


 

Um Café Por Uma Barbada e Rede Turfe na TV

No programa Rede Turfe na TV desta semana as atrações são uma interessante reportagem mostrando como ocorre o “transporte de cavalos de corrida” e uma entrevista com Fabio Menartowicz explicando como funcionará o novo site do Jockey Club Brasileiro que entra no ar nesta sexta-feira dia 24, além de comentários dos principais páreos do eixo Rio-São Paulo, notícias, informações e debates.

Já no programa '1Café por 1 Barbada' Karol Loureiro entrevista Jorge Ignacio, figura sempre presente no programa Rede Turfe na TV, vale a pena clicar aqui , anotar suas marcações e conferir os programas via site do JCB.

Moda Turfe

Esta semana nossa sugestão é no campo da decoração, um lindo abajur, ao lado de uma bonita estatueta, para enfeitar a sala ou mesmo o escritório dos nossos leitores que tanto curtem cavalos e seus acessórios. Lá naquela mansão em Goiânia, não tenho dúvida  que este conjunto cairia como uma luva.
 


 

Cruzando na frente

O sãopaulino Antonio Carlos "Ica" Teixeira, titular dos Studs Daltex e Miss Kin, é o destaque desta semana nesta seção, mercê das vitórias obtidas por seus pupilos* Fernando na sexta-feira, e Cara Mari na domingueira, pilotados respectivamente por Carlos Lavor e pelo aprendiz Bernardo Pinheiro. Parabéns a ele e à sempre simpática companheira Silkeli.

* Nota da Redação - A informação que consta na página E4 da Revista Turf Brasil dá conta que a égua Sempre Bem, vencedora da 9ª prova de sábado dia 18/10 na Gávea, é de propriedade do Stud Veteq, e não ao Stud Daltex como de fato é. Por esta razão não a incluímos na versão original desta nota, e desde já pedimos desculpas pelo lapso.




 

Joqueadas da semana

Wesley da Silva Cardoso, ou se preferirem o aprendiz W. S. Cardoso como aparece nos programas, na semana que passou foi destaque na seção Pixotadas, mas nesta deu o troco, vencendo quatro carreiras, a mais bonita delas na milha grama montando Tattinger na abertura da sabatina de 18/10, mostrando excelente noção de percurso e energia no final. Outro aprendiz merece menção honrosa nesta edição, Bernardo Pinheiro, que mandou cinco para o barbante.


Muito bom este aprendiz W. S. Cardoso

 

Pixotada da semana

A. C. Silva, atualmente 4º colocado nas estatísticas em Cidade Jardim anda muito irregular, alternando excelentes com sofríveis direções. Na semana passada, por exemplo, foi muito elogiado por alguns e criticado por muitos pela direção imposta em Born To Be Happy no GP Luiz Fernando Cirne Lima, eu não vi nada de errado. Só não gostei mesmo foram suas direções em Carcamano, Daytona Top e Insider Trade, os dois últimos favoritos destacados que nem placê pagaram.

 

 

Bombas da semana

Esta semana a bomba nem ganhou, fez segundo, mas só mesmo quem não olha a Revista como o turfista Jorge Pimenta, para jogar um cavalo que vinha de 10º em 10 pagando 63,1, de 8º em 11 pagando 92,4, e de 9º em 9 rateando 54,2, todas corridas em setembro e com G. Souza no dorso. A primeira pergunta que fiz ao amigo tão logo ele chegou ao saguão eufórico com as pules da quadritefa (acertada no x) e da exata, que somadas lhe propiciaram ganho superior a R$ 5 mil (pela pedra de São Paulo), foi como ele descobriu este animal para colocar no seu jogo. Ele respondeu na maior naturalidade: - Gostei do cânter. O animal em questão chama-se Mr. Quero Quero, treinado por I. Brasiliense. Na Gávea a dupla dele com o vencedor Gentian pagou 652,5, a exata deu 484 e a quadrifeta na ordem R$ 38.878.

 

Banhos da semana

Enfrentando apenas quatro adversárias, Funny Face, com V. Borges, rateando 1,4 e vinda de três primeiros e um terceiro, já fez o apostador começar seu final de semana rasgando pules na 1ª prova de sexta-feira, nem o placê salvou. Papel igualmente pífio fez Casa Mia na 7ª prova da sabatina carioca, depois de estrear em agosto com V. Borges vencendo aos esbarros por 8 1/2 rateando 1,8, a potranca do Araras voltou com V. Gil rateando 1,4  e também nem o placê salvou, chegando na terceira colocação sem dar a menor impressão.
 

Na Madalena

Abaixo duas fotos da festa do GP Manoel Medeiros disputado domingo passada na Madalena, que marcou a vitória de Vuole Soldi. Clique aqui para conferir o replay da prova e maiores detalhes da reunião festiva em Recife.
 




 


 

 

Plano Geral de Apostas

Transcrevemos abaixo release recebido do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

 

Está aberta até o dia 24 de outubro a Consulta Pública acerca do Plano Geral de Apostas. Como o tema é de grande interesse para o setor, gostaríamos de contar com sua contribuição para a divulgação do mesmo.

Desde já, muito obrigado

Atenciosamente,

Gustavo Chaves Lopes
Jornalista
Assessoria de Comunicação Social – ACS/GM
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Tel: (61) 3218-3086

 

A Divisão de Equideocultura da Coordenação da Produção Integrada da Cadeia Pecuária – CPIP/DEPROS/SDC disponibilizou para consulta pública a proposta de Instrução Normativa que substituirá a IN 48, que trata da regulamentação de Plano Geral de Apostas, credenciamento de agentes, modalidades de apostas, simulcasting entre outros assuntos de interesse das entidades turfísticas.

O objetivo desta consulta é conferir transparência ao processo de regulamentação e permitir que a comunidade turfística possa contribuir com sugestões, criticas e comentários a respeito do regulamento.

A Portaria Nº 943/2014, que contém a proposta de documento, pode ser acessada no sitio eletrônico do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento por meio do link:
http://www.agricultura.gov.br/legislacao/consultas-publicas

As sugestões, tecnicamente fundamentadas, deverão ser encaminhadas, por escrito, para o seguinte endereço: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- MAPA/SDC/DEPROS/CPIP, Esplanada dos Ministérios, Bloco D, Anexo B, Sala 122-B, CEP: 70.043-900, Brasília - DF, ou para o endereço eletrônico cpip.equideocultura@agricultura.gov.br.
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Tel: (61) 3218-3086
 

 

Que País é esse?

Continuamos com as charges sobre o tema eleições, na expectativa de que nossos leitores que estejam ainda indecisos sigam a recomendação do turfista Lima Duarte e optem pela alternativa séria de mudança, representada pela exata 45 de Aécio Neves.

 









 

 

 

Futebol

É sempre a mesma historinha, os amigos afirmando que Leonardo era um rapaz calmo, que trabalhava e ajudava seus pais a manter a casa  e nunca havia se envolvido em alguma briga por causa do Palmeiras, sua maior paixão desde a infância. Então tá, o jovem era integrante da organizada Mancha Alviverde e foi participar da emboscada armada na Via Anchieta para a torcida do Santos porque não tinha nada de mais útil para fazer naquele horário, e pretendia apenas acompanhar seus coleguinhas e curtir a amigável confraternização entre as torcidas. Por uma 'fatalidade', Leonardo morreu atropelado pelo Audi A3 dirigido por um imprudente membro da Torcida Jovem do Santos que 'ocasionalmente' passava pelo local, e que 'coincidentemente' já havia se envolvido em outra briga de torcidas em 2009 no Vale do Anhangabaú contra integrantes da Torcida Independente do São Paulo. E a nossa PM ainda escolta estes marginais todos os finais de semana em direção aos estádios de futebol. Neste sábado devem morrer mais alguns palmeirenses e corintianos.

E está duro assistir futebol no Brasil, mais ainda quando temos uma rodada da Liga dos Campeões no meio da semana, que mal comparando, equivaleria ao campeonato brasileiro que reúne os 20 melhores (?) clubes do Brasil. Apenas a título de comparação, nesta última rodada do Brasileirão tivemos 15 gols em dez partidas, média de de 1,5. Na Liga dos Campeões foram 59 gols em dezesseis partidas, média de 3,68. 


 

Santos

A vitória fácil contra o Palmeiras animou os fanáticos santistas Serginho 'Clackson', Zé Maria Ferraz, o 'internacional' Ronaldo Sossi e o VP Ricardinho Vidigal, mas a ducha de água fria não demorou a cair nas suas cabeças, com a absurda derrota na Vila Belmiro contra o tricolor carioca na quarta-feira, e no final de semana devem perder também para a Chapecoense em Santa Catarina. Já pela Copa do Brasil, em duas partidas contra o Cruzeiro, podem esquecer, tá fora.

 

 

Palmeiras

Anda completamente imprevisível o pobre futebol brasileiro, a prova na semana passada foi o Palmeiras, que não deu susto contra o Santos perdendo como de hábito na domingueira, mas na rodada do meio da semana surpreendeu a todos e só em cima do disco cedeu o empate ao líder Cruzeiro no Mineirão, tomando o gol no derradeiro minuto da partida. Na próxima rodada o adversário será o arqui rival Corinthians no Pacaembu, se ganhar o Verdão vai a 38 pontos, embala, e se livra do fantasma do rebaixamento, e eu ganho uma aposta feita com a fanática Cristina Cardozo, que empolgada com a histórica jornada do seu time contra o Vitória e a volta ao G4, até me deu o empate. Se perder, continua arriscado a cair para a Série B em 2015.   

São Paulo

E o Tricolor jogou no lixo mais uma chance de se aproximar do Cruzeiro nesta rodada, ao não passar de um pobre empate sem gols contra  a 15ª colocada Chapecoense, que todos lembram ganhou no Morumbi no primeiro turno, ou seja, levou quatro dos seis pontos disputados contra o São Paulo no certame. O pior é que quem assistiu a partida inteira como eu ficou feliz com o resultado, como igualmente ficou Muricy Ramalho, afinal um time com as nulidades Paulo Miranda, Ewandro e depois Osvaldo, além de Kardec e Ganso andando em campo e Kaká sem nenhuma inspiração, não merecia mesmo placar melhor. Sábado o adversário será o 'asa negra' Goiás, para quem também perdemos no jogo do turno, se não ganharmos, adeus Brasileirão e se bobearmos adeus G4 também. Cada vez mais acredito que a chance de garantir uma vaga na Libertadores 2015 está na Copa Sulamericana. 

  

Corinthians

E não é que a 'pule de dez' que era o Internacional na domingueira deu o maior banho e o Timão saiu com a vitória em pleno Beira-Rio? Agora, com a nova suspensão de Guerreiro e ainda sua convocação para os amistosos da seleção peruana, restará ao Corinthians uma remota chance de chegar no G4, nada mais. Os seus mais temíveis adversários até o final serão, além do Palmeiras, também o Santos (BNDES), Bahia (F), Grêmio (BNDES) e Fluminense (F). 

 

 
 


Apoio produção do Pega Pelo Rabo:

MARCELO LEFÈVRE
Consultor em RH

Currículos, entrevistas e seleção de profissionais


Apoio divulgação do Pega Pelo Rabo:


O ponto de encontro da inteligência com a sensibilidade.