Faby Mattos(6)


Este site, fundado em
maio de 2003, é elaborado por
Marcelo Lefevre,
com a colaboração de
Anderson "Cebolinha" Silveira, Arnaldo Marques Loureiro, Edson "Agnes Gold" Watanabe, Eduardo Garcia (EUA), Eduardo Silva, Felipe Passantino, Jaime Ballalai, Jô "Much Better" Garcia, Milton Blay (Paris), Milton "Giorgio Vergano" Moreno Garcia Jr., Nixon "Grimaldi" Mendonça, Roberto Carlos Micka, Sergio "Clackson" Christianini,
Samir Abujamra.

Patrocinadores:
 Coudelaria F.B.L., Haras Dilema, Haras Moema, Haras Regina, Stud 13 (Recife),
 Stud Casablanca, Stud Champion Spirit, Stud Daltex, Stud Meyer, Stud Miss Kin, Stud Nicholas e Enrico Jarussi, Stud Nova República, Stud Romafi, Stud Turf Paixão, Stud Vale dos Reis, Thomas Weda Spalding.


Se quiser receber esta coluna
Contato

 

PPR NO FACEBOOK

Para participar clique aqui 

  
                     Edição atual: 26/06/2015                                                                                  Edição anterior:  18/06/2015     

 

 
 

É ASSIM QUE SE FEZ

 

 Começo agradecendo ao amigo Lima Duarte pelo transporte, hospedagem, comilanças, simpatia e a sempre especial e enriquecedora companhia, bem como ao querido João pela cortesia, alegria e segurança.

O segundo agradecimento é para o amigo Sérgio Barcellos, por meio do qual tive o enorme prazer de conhecer o Presidente e o Vice da CC do JCB, Drs. Pedro Camargo e Gustavo Freitas, bem como seus demais colegas, incluindo Marcos Ribas, e daquele deck poder curtir a maravilhosa paisagem do JCB (foto abaixo), bem acompanhar as principais carreiras do meeting.

O terceiro, e não menos importante, para as queridas amigas Karol Loureiro e Faby Mattos, excepcionais fotógrafas que enriquecem semanalmente as edições do PPR com seus magnificos talentos, bem como para o mano Silvio que edita nossas imagens e me aguenta há tantos e tantos anos, agora ainda mais velho e perdendo a memória.

Sobre Turfe, sou obrigado a concordar com todos que afirmam que meetings tipo GP Brasil, bem como GP São Paulo (apesar dos pesares), definitivamente não são dias para turfistas, são dias para quem gosta de festa, de badalação, de agitação, o que não faltou neste evento promovido pelo JCB.

Concordo igualmente com meu amigo de tempos idos Ricardo Queiróz, quando ele diz, com tristeza, que o atual Jockey Club de São Paulo virou um CT, como Campinas, Porto Feliz e São Vicente. O consolo é que trata-se de um bom CT, cujos animais e profissionais foram importantes protagonistas na festa do GP Brasil.

Próximas coberturas: Arco do Triunfo 4/10 em Paris, talvez Bento Gonçalves 10/10 no Cristal, com certeza Pellegrini em San Isidro e Bento Magalhães na Madalena.

Finalizando, cliquem aqui e confiram como a Rede Globo apresentou no último Fantástico os tradicionais gols da rodada que habitualmente fecham o domingo de milhões e milhões de brasileiros. Muito legal.
 


Existe hipódromo mais lindo no mundo?

 

"Como seriam belas as estátuas equestres se constassem apenas dos cavalos!"
(Mario Quintana)

 

Tema Musical  

Nosso emérito colaborador Dr. Samir Abujamra não é apenas um profundo conhecedor de Turfe, é também especialista em música erudita e popular, especialmente a americana, naquilo que ela teve e tem de melhor. Na semana que passou, ele foi com a esposa Marilu à Sala São Paulo para ver e ouvir aquele que é considerado por muitos o melhor pianista do mundo na atualidade, o russo Evgeny Kissin, atração da temporada de concertos da Sociedade de Cultura Artística. E para me deixar com a maior inveja e com lágrimas no rosto, porque ouvindo lembrei de meu querido e saudoso pai, ele me mandou esta maravilhosa Valsa Op.64 n.2 de Chopin com Kissin, que eu aqui divido com os leitores do PPR.
 

 

Você sabia?

Chagall De Mer é um 2 anos alazão por Vettori e Linda Rafaela, por Bin Ajwaad, de criação e propriedade do Stud TNT, que estreou em 23/5 obtendo um bom 2º lugar, e poderá perfeitamente vencer a sexta prova da sabatina carioca, Prova Especial Gustavo Philadelfo Azevedo, e com bom rateio. Seu jóquei será A.M. Souza, o treinador é D. Guignoni.

O nome deste potro pode ter sido escolhido em alusão a uma importante tela chamada 'La traversée de la mer Rouge' (A travessia do mar vermelho), mas o que mais importa aos nossos leitores é saber que Marc Chagall (1887 Bielorússia - 1985 França), foi um dos mais importantes pintores do século XX. Nascido de uma família judaica, na sua juventude entrou para o ateliê de um retratista famoso da sua cidade natal, onde aprendeu não só as técnicas de pintura, como a gostar e a exprimir-se nessa arte. Ingressou, posteriormente, na Academia de Arte de São Petersburgo, de onde rumou para a próspera cidade-luz, Paris. Ali entrou em contacto com as vanguardas modernistas que enchiam de cor, alegria e vivacidade a capital francesa. Conheceu também artistas como Amedeo Modigliani e La Fresnay. Todavia, quem mais o marcou, deste próspero e pródigo período, foi o modernista Guillaume Apollinaire, de quem se tornou grande amigo.

Em 1914, após a explosão da guerra, volta ao seu país natal, sendo, portanto, mobilizado para as trincheiras, todavia permaneceu em São Petersburgo, onde casou um ano mais tarde com Bella. Depois da grande revolução socialista na Rússia, que pôs fim ao regime autoritário czarista, foi nomeado comissário para as belas-artes, tendo inaugurado uma escola de arte, aberta a quaisquer tendências modernistas.

Retornou posteriormente a Paris, onde iniciou mais um pródigo período de produção artística, tendo mesmo ilustrado uma Bíblia. Em 1927, ilustrou também as Fábulas de La Fontaine, tendo feito cem gravuras, somente publicadas em 1952. São também deste ano conhecidas as suas primeiras paisagens. Anos mais tarde, para fugir da perseguição aos judeus, Chagall parte para os Estados Unidos, regressando dois anos depois do fim da guerra definitivamente para a França, onde pintou os vitrais da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Em sua homenagem, em 1973 foi inaugurado o Museu da Mensagem Bíblica de Marc Chagall, em Nice, no sul da França. Em 1977 o governo francês condecorou-o com a Grã-Cruz da Legião de Honra.
 


 

O pulo do gato 

Ainda bem que só encontrei este gato preto na saida da Gávea, teve gente que encontrou coisa muito pior. Vejam como ele chega tranquilo em sua casa, entra e dá uma olhadinha como estão as coisas, e depois volta para a porta para apreciar o movimento. Certamente deve ter estranhado tanta gente diferente de paletó e gravata e mulheres usando chapéus, estou certo ou não meu amigo Jaime?
 



 















 

GP Brasil  I 

Tudo começou na noite de quinta-feira quando eu e o João chegamos no sítio em Indaiatuba, recebidos com uma substanciosa sopa de legumes e na sequencia, na companhia do dono da casa e cinéfilo assisti o ótimo filme Whiplash - Em Busca da Perfeição. Na sexta cedinho, após um reforçado café da manhã, pé na estrada com o possante Mitsubishi e seu estrelado condutor, literatura variada a bordo, e ainda tempo para um cochilo após o almoço no McdDonald'. Sábado, uma interessante visita-almoço ao PROJAC, e depois, Gávea! 










 

GP Brasil II 

Caroline Strussmann com sua linda echarpe (terá sido ideia extraída da nossa seção Moda Turfe?) e a sempre animada amiga Lúcia Zago; Claudio Miragaia, Drs. Simões e Galil, mais Lima Duarte, curtindo a sabatina com turfistas cariocas; Vagner Borges e familiares com LiD; Idem Altair Domingos, esposa Danielli, filhos Mateus e Nicoly; Josiane Gulart e a mamãe Marli.
 










 

GP BRASIL III 

Aqui o tradicional desfile de chapéus com lindas modelos; Delson Petroni e o casal Ica-Silkeli; A elegantíssima Helen Barcellos, tendo a seu lado direito Isaura Parker e esquerdo Inês Hendili, do PMU-França; Pedro Camargo, Gustavo Freitas, Marcelo Lefèvre, Sérgio Barcellos e Lima Duarte; A.C. Silva e Darci Minetto, com LD; Largada do GP Brasil, vista do alto.
 












 

GP BRASIL IV 

Leitora assídua do PPR Pryscilla Mendes Pereira; José Carlos Fragoso Pires Júnior, Ulisses Lignon Carneiro, Antonio Quintella; O deslumbrante Salão das Rosas do JCB; Sorridente e elegante Mayra Frederico; O melhor narrador do País Fernando Freire Cury, com LD; Filho do jóquei A.M. Souza, idem.









 


 

GP BRASIL V 

Este cronista com o jóquei Fausto Henrique; Maria Ines Moletta Trevizan e Valmor Guido Trevizan; Lu Andrade e LD; Paulo Pereira (Stud 13 de Recife) e esposa Zorilda Guimarães; Palmeirense Enrico Jarussi com os amigos corintianos Douglas Nouhad e Guilherme Genzini; LD com os herdeiros de Marcelo Almeida e Acedenir Gulart (tá na cara...).
 







 








 

Em Ascot 

Nada mais do que uma visão de sonho de turfista erudito: a chegada da procissão real às corridas da semana passada em Ascot. À sombra da árvore, o bronze de Frankel inaugurado pela Rainha Elizabeth II. Afoi imagem não é pintura não, é fotografia mesmo! Bem menos 'erudito' é este modelito Carrots in her hair, que mais parece uma horta, quem sabe em outubro encontraremos esta turfista em Longchamp na torcida por Golden Horn. Em tempo, uma informação complementar sobre o Derby de Epsom, o público presente ao evento foi de 125.000 pessoas.
 





 

Joqueada da semana

Muitos turfistas não sabem que Jeane Alves jamais havia montado na Gávea, e exatamente na sua estreia, venceu de forma brilhante o GP Jockey Club Brasileiro - Terceira Etapa da Copa de 2 anos, sagrando-se ainda a primeira joqueta a ganhar uma prova de G1 no Jockey Club Brasileiro. Por esta façanha, e pela sua perfeita direção em Braço Forte, Jeane Alves merece figurar nesta seção do PPR. Parabéns a ela e à toda a equipe do Haras Moema. Reveja a vitória de Braço Forte clicando aqui .




 

Pixotada da semana

Antonio Queiroz fez uma boa temporada este ano, obtendo até o momento 55 vitórias o que certamente lhe garantirá chegar entre os 10 primeiros na estatística. Sua marca todavia poderia ser de 56 triunfos, não fosse a desastrosa e lamentável direção na favorita Olympic Ezeiza do Haras Regina na última noturna paulistana, conseguindo se encaixotar numa prova na milha em que enfrentava apenas 5 competidoras, uma das quais derrubou seu jóquei na altura dos 300 finais. Uma pilotagem para apagar do curriculo deste excelente e simpático profissional.
 

Banho da semana

Sixteen Tons não foi eleito por acaso favorito de 1,6 no Clássico Breno Caldas, pois vinha de excelentes corridas, obtendo três vitórias e duas colocações em provas de grupo, ambas ganhas por Xingu Thunder. Desta feita porém, com V. Borges mais uma vez na direção, chegou na 5ª colocação a 11 1/4 do primeiro, sem nenhuma ocorrência veterinária registrada.

 

Bomba da semana

Vindo de 7º em 8 a 17 1/4 e de 9º em 10 a 16 1/4 nas suas duas primeiras 'exibições' em maio, uma em CJ e a outra na Gávea, o que os apostadores poderiam esperar de Raríssimo na 5ª prova da reunião de segunda-feira na Gávea seria outro penúltimo, talvez a 15 1/4 do primeiro. Mas não, o filho de Marsh Side ganhou por 4 1/4, com H. Fernandes na direção e J.C. Oliveira no preparo, rateando, pasmem, 99,2 de ponta e 24,8 de placê, e a exata com o favorito Devoto pagou 707,1. O turfista paulistano Jorge Castro jamais esquecerá desta corrida.  
 

Quiz PPR - Resultado

O vencedor do torneio foi o jovem turfman Enrico Jarussi, que acertou que o pé que vestiu este nada discreto modelito da Nike é do ator Lima Duarte. Tiveram votos, entre outros, Thomas Weda Spalding, Antonio Pepe, Serginho 'Clackson' Christianini, Eduardo Bechara, Guilherme Genzini, Ricardo 'Kojak' Ravagnani, 'Gordo' (não sei de quem se trata), o sãopaulino Jorjão e Marcelo Meyer. Neste final de semana o titular do Stud Nicholas e Enrico Jarussi jogará a quadrifeta de R$ 200, gentilmente patrocinada pelo Stud Barreiro, e o PPR estará na torcida e na reportagem.
 


Revelado o mistério
 

Moda turfe

Agora o inverno começou de vez, esta semana aqui em São Paulo fez um frio de rachar, e pior, acompanhado daquela chuvinha miúda e gelada, somente nesta sexta-feira que o sol reapareceu, vamos torcer para ele esquentar um pouco o ambiente. Enquanto isso, o PPR continua com suas sugestões para a estação, sempre com cavalos como tema.









 





O campeão voltou

A missão que passei para o nosso catedrático na edição anterior foi espinhosa, marcar para as cinco provas de G1 da programação nobre do turfe brasileiro. Considerando o absoluto equilíbrio em todas os páreos - e os rateios dos vencedores assim confirmaram -, 'Clackson' optou por indicar possíveis surpresas, e acertou Colorado Girl (8,9) no páreo das éguas, e o segundo de High Hours no Suckow (3,4), errando Delirio, Qua Qua Qua, e Doctor Kentucky. Quem jogou R$ 10 e R$ 10 nas pontas e placês, dispendeu R$ 100 e faturou R$ 180, ou seja, uma aplicação com 80% de lucro, excelente pedida para os atuais tempos de inflação e crise. Para a semana que entra, seguem as indicações.

CIDADE JARDIM

Sábado

1º páreo - Old Safe Bet (3), bem colocado neste Handicap, deve vencer.

3º páreo - Inimigo Do Rei (5) vai agradecer o aumento de distância, é o animal a ser batido.

6º páreo - Quem disse que não existe barbada? Juno (2) nesta chamada não tem adversárias para derrotá-la.

Domingo

6º páreo - Pule boa para os concursos é Saladino Warrior (3), a chamada é favorável.

8º páreo - Neste claiming Surfe (7) não deverá perder, para a exata Flama Impar (2).

10º páreo - Meus amigos Marco e Luiz, proprietários do potro Misson (5), com certeza irão para foto da vitória.

 

GÁVEA

Sexta Feira

1º páreo - Agora com aguerrimento, Icefoot (1) deve figurar com destaque e pode triplicar o capital.

2º páreo - O único animal espontâneo e caindo para um claiming camarada é Tupiniquim (8), vai vencer.

Sábado

1º páreo - Uma dupla que vai vingar é Bambole do Faxina (3) voltandoao gramado onde rende muito, e Wonderful Humor (5) em grande forma. Passando para areia Caveira (4).

3º páreo - Na pista de grama e areia vamos triplicar o capital com England's Girl (1), a chamada saiu fraca.

Domingo

1º páreo - No gramado Savage Girl (8) deve continuar sua invencibilidade. Passando para areia Rosa Chá (1).

3º páreo - True Quality (2) sem os problemas de secreção poderá vencer o sempre comentado Campeoníssimo (4). Passando para areia, Magic Brooklin (7).

Segunda Feira

3º páreo - Aguerrido, Boisterous (2) nunca pegou uma chamada tão camarada.

7º páreo- Bem colocado na milha e no gramado, Opashe (5) é pule interessante para os concursos. Em caso de areia, Roundabout (6).
 


 

 

Direto de Paris

Direto no figado - Por razões “humanitárias”, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, enfim sancionou a lei que proíbe o foie gras, aquele patê de fígado de pato ou de ganso gordo que enobrecia a mesa dos ricos. Quem não provou até agora tem 45 dias para fazê-lo. Vale a sugestão, porque o foie gras, que nunca faltou à mesa de Haddad, é uma delícia, sobretudo acompanhado de uma taça de Sauternes, um vinho branco licoroso do sudoeste da França. Lula, que nunca nega um copo, ja provou vários, inclusive o famosíssimo Chateau Yquem. Gostou.

Petistas à parte, a proibição se explica pela maneira “desumana” como o animal é tratado: coloca-se um funil na goela da ave e vai se injetando os grãos, provocando assim a engorda, até se chegar próximo da explosão. Neste momento o fígado é retirado para consumo.
Dizem os especialistas que é uma forma de matar com extrema crueldade. Os matadouros devem ser mais “humanos”.

E quanto às baterias de frangos, que vivem (forma de dizer) a comer dia e noite sem parar, com luz acesa, sem nunca terem visto o sol, nem dado um passo, num espaço limitado ao seu corpo, nada a dizer. Tudo bem, afinal o frango de bateria, sem gosto e com hormônio, é democrático. E o País, grande produtor e exportador. O foie gras é elitista.

Por isso, aplausos para Dilma. Nada de fígado de ganso, nem galinha mole, VIVA A MANDIOCA, símbolo de civilização, uma das maiores conquistas do Brasil varonil! Sem a mandioquinha, seríamos obrigados a praticar “a atividade lúdica de brincar” com bola neozelandesa, “símbolo da capacidade que nos dintingue”, graças à qual nos tornamos “mulheres sapiens”.

P.S. O consumo exagerado de mandioca pode provocar baixa do número de neurônios para menos de dois.


Correspondente em Paris há 35 anos, Milton Blay, autor do livro "Direto de Paris, Coq au Vin com Feijoada" pode ser ouvido em boletins diários nas rádios BandNews FM e Bandeirantes AM. Além do PPR, escreve semanalmente no site Por Dentro da Mídia e no Jornal Metro.


 

 

Cruzando na frente

Haras Regina com Jardim Di Napoli (5ª em Maroñas), Orchid (foto1) e Olympic Farm (foto 2) na Gávea, e Intruder em CJ (foto 3); Stud Miss Kin com No Name (que esquecemos de registrar na edição passada) e com Sempre Bem na última noturna carioca;  Nicholas & Enrico Jarussi com Super Birthday (foto 4) e Stud Astor MM (que passou a chamar Stud Meyer) com Tom Joe (foto 5), ambos em CJ; e finalizando Haras Moema com Braço Forte na Gávea, foram os patrocinadores do PPR que deram disco na semana que passou. Nossos cumprimentos a todos.










 

Um Café Por Uma Barbada

Esta semana o programa 1 Café Por 1 Barbada da colega Karol Loureiro, com nova abertura, entrevista o vetereno e consagrado jornalista Natan Pacanowski, que além de contar um pouco sobre sua longa trajetória no turfe, selecionou com carinho as barbadas para os turfistas. Confiram tudo clicando aqui.
 

Que País é Esse?

No último final de semana o Brasil amanheceu mais otimista, ou menos pessimista, como preferirem, com as novas prisões da Lava Jato. Dá-lhe Moro, é como nós do PPR saudamos o valente Juiz que cada vez chega mais perto do grande chefão.






 

Futebol

Assisti a partida Chile x Uruguai inteira só porque abria e fechava uma acumulada na vitória do time da casa e no placar 2x0, quase deu, mas o jogo foi interessante, o time de Valdivia tem tudo para ganhar este torneio, lembrando que nosso palpite do adversário final será a Colômbia. Logo depois, entre 14 e 22 de julho, recomeça a Libertadores com os duelos Guarani x River e Inter x Tigres, a minha torcida é pelos valentes paraguaios, nem preciso explicar o motivo.

No cenário doméstico, após 8 rodadas os pernambucanos do Sport curtem a liderança ainda invicta do certame, mas tenho a ligeira impressão que esta invencibilidade cairá por terra na Arena Condá, em Chapecó, na tarde deste sábado.  Pela próxima rodada, as partidas mais interessantes serão os clássicos Palmeiras x São Paulo e Vasco x Flamengo, empates a vista.




 

Santos

A vitória contra o Corinthians deu um fôlego para o 'Peixe', que pulou da 17ª para a 12ª colocação na tabela com 10 pontos, mas ainda está muito próximo da ZR, para onde poderá voltar após a derrota frente ao Internacional domingo às 18:30.
 

 

Palmeiras

Acertei a derrota contra o Grêmio, barbada, mas jamais imaginaria que o autor do gol do Tricolor gaúcho foi o nosso conhecido e caneleiro Maicon, que para mim foi cruzar aquela bola, errou, e ela entrou no ângulo. Se o Palmeiras não ganhar em casa do São Paulo no domingo às 16;00, poderá começar a semana na ZR.
 

São Paulo

Agora que o colombiano Osório conseguiu o milagre de ensinar o medíocre Souza a fazer gols, sua próxima e sentificada missão será tentar que o zagueiro Toloi não repita mais a bisonha jogada que resultou no gol de empate do Avaí no último domingo, e que custou ao São Paulo a liderança na competição. Um empate contra o Verdão não seria um mau resultado, mas algo me faz crer que venceremos, e com um gol do Mito, para alegria de Subeida Mendonça.
 

 

Corinthians

A turfista e fanática corintiana Cristina Cardozo é uma entre milhões que ficou revoltada com as revelações do 'caso Amarilla', inclusive já aderiu aos que estão exigindo que a FIFA cancele aquela partida e considere o Timão campeão da Libertadores e tricampeão Mundial, lembrando que o primeiro título foi aquele conquistado no torneio de verão contra o Vasco. Um 'detalhe' que talvez tenha escapado à grande maioria dos torcedores, é que curiosamente, uma semana antes da partida contra o Boca, o então presidente do Corinthians Mario Gobbi, acompanhado de seu antecessor Andrés Sanchez, estiveram na Conmebol, no Paraguai, para 'almoçar' (?) com o uruguaio Eugenio Figueiredo, presidente da entidade à época.  Pelo visto, chegaram atrasados...

Cliquem aqui e rememorem os lances da partida que consagrou Amarilla.
 


Missão cumprida.
 

 


Apoio produção do Pega Pelo Rabo:

MARCELO LEFÈVRE
Consultor em RH

Currículos, entrevistas e seleção de profissionais


Apoio divulgação do Pega Pelo Rabo:


O ponto de encontro da inteligência com a sensibilidade.