Confidências


Este site, fundado em
maio de 2003, é elaborado por
Marcelo Lefevre,
com a colaboração de
Anderson "Cebolinha" Silveira, Arnaldo Marques Loureiro, Edson "Agnes Gold" Watanabe, Eduardo Garcia (EUA), Eduardo Silva, Felipe Passantino, Jaime Ballalai, Jô "Much Better" Garcia, Milton Blay (Paris), Milton "Giorgio Vergano" Moreno Garcia Jr., Nixon "Grimaldi" Mendonça, Roberto Carlos Micka, Sergio "Clackson" Christianini,
Samir Abujamra.

Patrocinadores:
 Coudelaria F.B.L., Haras Dilema, Haras Moema, Haras Regina, Robeto Magela, Stud 13 (Recife), Stud Astor MM,
Stud Casablanca, Stud Champion Spirit, Stud Daltex, Stud Miss Kin, Stud Nicholas e Enrico Jarussi, Stud Nova República, Stud Turf Paixão, Stud Vale dos Reis, Thomas Weda Spalding.


Se quiser receber esta coluna
Contato

 

PPR NO FACEBOOK

Para participar clique aqui 

  
                            Edição atual: nº 188                                                                                         Edição anterior:  nº 187     

 

 
 

 
Jornada de luxo

 

A programação turfística deste próximo final de semana na Gávea está de encher os olhos. Serão quatro reuniões com páreos cheios e equlibrados, grande destaque para as três provas clássicas da domingueira, começando pelo Clássico Orsenigo (L.) em 1000 metros, depois o GP Francisco Eduardo de Paula Machado (G1), segunda prova da tríplice coroa de potros com a volta de Paint Naif aos 2000, fechando com o magnífico Diana (G1), que promete um final eletrizante, vou de Energia Galileo, palpite do nosso colaborador 'Clackson'.

Enquanto isso, em Cidade Jardim uma programação comum composta de 26 provas, uma de G3 na sabatina com apenas 7 competidores, outro Listed com igual número de animais no domingo, além de seis páreos de claiming, uma tristeza para nós que acompanhamos a agonia do outrora pujante turfe paulista.

Se tristeza pouca é bobagem, chega a esperada a notícia do leilão de encerramento das atividades do Haras Estrela Energia, devido ao falecimento de Stefan Friborg. No Brasil, no dia 18/03, serão vendidos os animais em treinamento, e em 16 de abril, irão a leilão os potros de 2anos. Os certames serão realizados no Tattersall da Gávea, e nem poderia ser diferente, resta saber se haverão compradores.
  

“A mais surpreendente descoberta que fiz ao completar 65 anos
é que não posso mais perder tempo fazendo coisas que não quero fazer”
(Jep Gambardella, no filme La Grande Bellezza)

 

Tema musical  

Como costuma brincar o amigo Lima Duarte perguntando 'qual seu Cole Porter preferido de hoje', o mesmo se aplicaria a Aznavour, que entre interpretações e composições, soma mais de 700 temas. Lembro que anos atrás, nas edições que antecederam viagens minhas para Paris, já selecionamos algumas canções deste fantástico artista, inclusive a belíssima She. Para esta edição, contudo, escolhemos uma e apenas uma, aliás das mais lindas, a preferida do grande ator citado acima (pelo menos na última vez que conversamos a respeito), chamada Hier Ancore (Ainda Ontem), cuja letra e tradução vocês poderão acompanhar abaixo.
 

Hier Encore

Hier encore, j'avais vingt ans
Je caressais le temps et jouais de la vie
Comme on joue de l'amour
Et je vivais la nuit
Sans compter sur mes jours qui fuyaient dans le temps
J'ai fait tant de projets qui sont restés en l'air
J'ai fondé tant d'espoirs qui se sont envolés
Que je reste perdu ne sachant où aller
Les yeux cherchant le ciel mais le coeur mis en terre

Hier encore j'avais vingt ans
Je gaspillais le temps en croyant l'arrêter
et pour le retenir, même le devancer
Je n'ai fait que courir et me suis essouflé
Ignorant le passé, conjuguant au futur
Je précédais de moi toute conversation
et donnais mon avis que je voulais le bon
Pour critiquer le monde avec désinvolture

Hier encore j'avais vingt ans
Mais j'ai perdu mon temps à faire des folies
Qui ne me laissent au fond rien de vraiment précis
Que quelques rides au front et la peur de l'ennui
Car mes amours sont mortes avant que d'exister
Mes amis sont partis et ne reviendront pas
Par ma faute j'ai fait le vide autour de moi
Et j'ai gaché ma vie et mes jeunes années
Du meilleur et du pire en jettant le meilleur
J'ai figé mes sourires et j'ai glacé mes peurs
Ou sont-ils à present, à present mes vingts ans?

 

Ainda Ontem

Ontem ainda , Eu tinha vinte anos
Acariciava o tempo e brincava de viver
Como se brinca de namorar
E vivia a noite
Sem considerar meus dias que escorriam no tempo
Eu fiz tantos projetos que ficaram no ar
Alimentei tantas esperanças que bateram asas
Que permaneço perdido sem saber aonde ir
Os olhos procurando o Céu mas, o coração posto na Terra

Ontem ainda eu tinha vinte anos
Desperdiçava o tempo acreditando que o fazia parar
E para retê-lo, e até ultrapassá-lo
Eu só fiz correr e me esfalfar
Ignorando o passado, que conduz ao futuro
Eu precedia de mim qualquer conversação
E opinava que eu queria o melhor
Por criticar o mundo com desenvoltura

Ontem ainda eu tinha vinte anos
Mas perdi meu tempo a cometer loucuras
Que não me deixa, no fundo nada e realmente concreto
Além de algumas rugas na fronte e o medo do tédio
Porque meus amores morreram antes de existir
Meus amigos partiram e não mais retornarão
Por minha culpa eu criei o vazio em torno a mim
E gastei minha vida e meus anos de juventude
Do melhor e do pior descartando o melhor
Imobilizei meus sorrisos e congelei meus choros
Onde estão agora, meus vinte anos?
 

   

Você sabia?

Olá! Eu sou o Eduardo Gomes Ceresso, moro no bairro de Jardim Maringá, na cidade de São Paulo - SP e gostaria de sugerir para a próxima edição de Pega Pelo Rabo na seção "Você Sabia", um dos maiores nomes da música francesa de todos os tempos, Charles Aznavour, já que tem um cavalo com esse nome que está inscrito em um dos páreos da programação do próximo domingo (01/03) da Gávea, numa eliminatória de produtos de 2 anos sem vitória. Obrigado e parabéns pelo fantástico site, cada dia melhor.

Agradeço ao turfista Eduardo pelo prestígio e pelas gentis palavras, e com o maior prazer atenderei seu pedido.

Charles Aznavour é um 2 anos castanho por Wild Event e Ohneguinha, por Vettori, de criação e propriedade do Stud TNT, que fará sua estreia na quarta prova da domingueira carioca, pilotado por W. Blandi e treinado por V. Nahid (CT).

Filho de refugiados armênios que fugiram do genocídio perpetrado pelos turcos em 1915, Charles Aznavour, cujo nome real é  Shahnour Vaghinagh Aznavourian, nasceu em Paris em 1924, e além de ser um dos mais  mais populares e longevos cantores franceses (fará 91 anos em maio próximo), é também letrista e ator. Uma biografia de Aznavour ocuparia espaço demais aqui no PPR, para quem tiver mais curiosidade por conhecer sua trajetória, clique aqui  que a da Wikipedia está bastante razoável.
 


 


 

Moda turfe

Como chama esta jóia da foto, será um pingente? O nome correto pouco importa na realidade, o que vale é que achei a peça muito bonita, e quem sabe algum dia a veja enfeitando o pescoço de alguma turfista pelos hipódromos do mundo. Você gostou Andrea Portes?
 


 

Turfista sofre

Custo a acreditar que estes amadores da TV Jockey de São Paulo, que jamais fizeram uma aposta e não sabem onde fica o rabo de um cavalo, cubram de propósito os rateios dos animais que fazem o cânter na Gávea com uma ridícula imagem do totalizador no canto inferior direito do telão, apenas para dificultar a vida dos apostadores que, como eu, jogam direto pelo teleturfe carioca. Realmente seria estupidez demais, deve ser só incompetência mesmo.
 

Novo visual

O amigo e patrocinador pernambucano Paulo Fernando Pereira, titular do Stud 13, nos mandou uma nova fotografia pedindo que trocássemos a anterior que ilustrava seu banner. Resolvi então encomendar ao nosso talentoso designer Eduardo logo um modelo completamente novo que, modéstia à parte, ficou muito bonito, como vocês poderão constatar abaixo. Quem patrocina o PPR ganha de presente um lindo banner, além de ter as vitórias de seus animais registradas na nota Cruzando na Frente.
 

 

Joqueada da semana

Gosto muito do jóquei Henderson Fernandes, que atualmente ocupa a 8ª colocação nas estatísticas cariocas, quando lhe dão montarias de melhor qualidade e mais bem treinadas, ele chega mesmo, com joqueadas de encher os olhos. Na semana que passou Fernandes mandou 4 para o barbante, a mais bonita delas com Last Cookie na sexta prova da sabatina, em final de rigor enfrentando C. Lavor e B. Reis, respectivamente com Power North e Immaculé. Esta semana, se não falhei na conta, ele assinou 18 compromissos, e pelos meus estudos, deve ganhar no mínimo 3, tomara que sejam mais, vou torcer.

Clique aqui e reveja sua linda joqueada com a potranca do Doce Vale.


 

Pixotada da semana

No 6º páreo de domingo na Gávea não entendi como B. Reis montando o favorito de 1,9 Abelhudo conseguiu perder para Clara Baby, quando tudo parecia indicar que passaria com facilidade nos últimos metros. Cliquem aqui e revejam a prova, observando que até o narrador carioca, que não costuma pisar na bola, cantou antes da hora a vitória do defensor do Stud Prime.

Banho da semana

Impressionante, para dizer o mínimo, a corrida que perdeu Carlos Lavor na 8ª prova de domingo na Gávea montando o franco favorito de 1,2 Quick Mambo.
 

Bomba de semana

Vindo de duas apresentações em que chegou a 14 e 16 corpos, Tupiniquim surpreendeu a grande maioria dos apostadores ao vencer a  prova destacada na nota acima, com rateio de 30,90 e pilotado pelo aprendiz de 3ª F. Dias. É aquela velha história, o grande favorito do páreo, igualmente treinado por J. Borges, é exatamente o animal Quick Mambo. A exata pagou 75,20. 

Outra bomba que não deu para engolir foi a vitória de Vento Ligeiro na abertura da sabatina paulistana, vinha de dois últimos.
 

PPR no Latino

Ao contrário do que nos informou o piloto Nelito Cunha e noticiamos na edição passada, informações vindas da Argentina dão conta que Altair Domingos não pilotará Gaudi no Latinoamericano (G1) dia 14 próximo, mas sim o recente ganhador e bicampeão do Ramirez Hielo, um Holzmeister e Andrea Girl (Mensageiro Alado), de criação do Haras Di Cellius e propriedade do Stud Coral Gables, de André Guimarães. Vamos aguardar para saber quem será então o jóquei do animal do Phillipson.

Já o Pega Pelo Rabo está confirmadíssimo em Buenos Aires, com aquela sua já tradicional cobertura e fotos exclusivas do evento, sempre em parceria com a Revista Turf Brasil, que também terá a titular jornalista Karol Loureiro na fita em Palermo
 

65 primaveras

Se eu for agradecer a cada um dos amigos que me mandou mensagem no aniversário dia 21/2, com certeza vou ocupar enorme espaço e esquecer de alguém, por isso prefiro um muito obrigado coletivo. Para o círculo mais íntimo, que se resumiu aos amigos turfistas Jorge e seu filho (churrasqueiro de mão cheia) Bruno, Eduardo 'El Sheik' Bechara e Marco Antonio Vilalba, o popular 'Passoca' ou 'Argemiro do Bom Retiro para os turfistas, rolou um magnífico churrasco na igualmente magnífica casa de meu filho querido. As primeiras imagens abaixo 'falam" melhor do que as palavras, apenas cabem algumas explicações sobre as últimas três. A acumulada foi um simpático presente do Argemiro, que não deu no duro, mas rendeu uns trocados. O amigo Lima Duarte não pôde comparecer à comilança, mas na segunda-feira no Cânter Bar me presentou com um cálice do Dia D, trazido por ele da Normandia. A última foto é exatamente do anfitrião Juliano, que simplesmente esqueci de fotografar no dia do aniversário, mas fotografei certa vez em Palermo, quando todos - ele, Jorge Ricardo e eu - éramos 10 anos mais jovens.
 












 

O campeão voltou

Vive ótima fase nosso catedrático, na semana que passou foram 65% de acertos, a saber: Vencedores - Coronel Boogie (1,9); Discoteca (1,6); Tattinger (1,5); Instant Glory (3,1); Gaiola das Loucas (3,50); Zealous Vixen (1,70). Places - Eurozone (1,20 e Join The Stars (1,50). Para esta semana, seguem as indicações.

CIDADE JARDIM

Sábado

1º páreo - Uma corrida muito favorÁvel para First Runner (1), o único expontâneo.

7º páreo - Principalmente na grama molhada, Perfect Event (3) vai figurar com muito destaque.

Domingo

1º páreo - Na pista de areia Delaforce (2) deverá confirmar seus bons trabalhos.

5º páreo - Candieiro (7) é um potro que corre muito, e Embaixador Inglês (6), longe do craque Chronnos, idem. Uma dupla 67 certa.

Segunda Feira

2º páreo- Livre dos prejuizos, Favorite Belle (4) pode iniciar o Fast 6.

7º páreo - Alguns velozes vão ajudar a arremetida de Changazo (6), grama e areia.
 

 

GÁVEA
 

Sexta Feira

2º páreo - Voltando a competir só com as fêmeas, Africa Point (7) é pule boa para abrir o Pick7.

8º páreo - Melhorando muito no CT, Naja (4) pode ratear 4/1.

Sábado

2º páreo - Chegou o grande momento para os gentlemen Cláudio e Bruno, proprietários da ótima potranca Galatéia (2), presenciarem principalmente o ótimo retorno e com certeza uma grande vitória. A nossa torcida em SP é grande.

7º páreo - Melhor balizado, descalço e aliviado no pêso, Dimanche Matin (1) é a boa da sabatina.

Domingo

5º páreo - Paint Naif (1) nos dois quilometros dispensa comentários, e Canto Alberto (11) até na areia correu muito. Exata 1/11.

7º páreo - Energia Galileo (9) vai agradecer o aumento da distância, é a potranca a ser batida.

Segunda Feira

5º páreo - A presença de animais ligeiros favorece muito Desejado Quality (8).

7º páreo - Foi decepcionante a última de Miss Outlaw (4), vamos a reabilitação.
 


Com a chefia, em trajes de gala
 

 

Direto de Paris

Mal comum - 70 anos após o final da 2° Grande Guerra, marcada pelo holocausto, a maior barbárie da história da humanidade, cometida em nome da superioridade racial, o mundo está diante da questão crucial do racismo, como se em sete décadas tivessemos marcado passo.

Até mesmo nos Estados Unidos, que elegeram um presidente mulato, assistimos recentemente a verdadeiras execuções de negros por policiais brancos. O país de Abraham Lincoln está longe de ter enterrado as discriminações e não seria mal ressuscitar Martin Luther King.

A França ainda está em estado de choque depois dos atentados do início do ano e da depredação de um cemitério judaico. Até a rica Dinamarca, exemplar no trabalho de integração das populações imigrantes, hoje chora, vítima do islamismo.

Nauseabunda, a sórdida repetição de agressões na França, especificamente perpetradas contra vítimas escolhidas por aquilo que são – judeus – e por aquilo que consequentemente deveriam ser – ricos –, de acordo com um dos arquétipos mais ancestrais e persistentes do antissemitismo. No último ano, o número de agressões a judeus aumentou em 91%.

Elie Wiesel, sobrevivente do Holocausto, prêmio Nobel da Paz, questionou tristemente: - Se a Shoa não acabou com o antissemitismo, o que é que pode acabar? O antissemitismo tem uma longa tradição que agora está se combinando com o ódio aos judeus de uma parcela da juventude de origem árabe-muçulmana, que, por sua vez, também é vítima de exclusões e violência.

Hoje, na Europa, com a crise econômica, os partidos e movimentos racistas, xenófobos e chauvinistas andam de vento em popa. Na Holanda, a extrema-direita surge como favorita nas eleições do próximo ano, com o Partido da Liberdade, de Gerd Wilders, islamofóbico visceral e nojento, que comparou o Alcorão a Mein Kampf, de Adolf Hitler. No Reino Unido, o extremismo é representado pelo UKIP - Partido Independente do Reino Unido, que milita pela saída da Gra-Bretanha da UE e que chegou em primeiro lugar nas recentes eleições européias. Na pacata Suécia, o governo caiu, derrubado pelo partido anti-imigração. Na França, a Frente Nacional se transformou no primeiro partido do país e a presença de Marine Le Pen, sua presidente, no segundo turno da eleição presidencial de 2017, parece possivel, senão provável. Na Noruega, a extrema-direita anti-imigração ocupa sete ministérios.

A Agência das Nações Unidas para os Refugiados divulgou um balanço alarmante do número de imigrantes mortos no Mediterrâneo em 2014, diante da indiferença geral. Vindas de diversos países, milhares de pessoas tentam chegar à Europa pelo mar, mas muitas não resistem à travessia mais letal do mundo. Tornam-se vítimas por querer uma vida digna deste nome.

Na Africa, os massacres étnicos são mais que frequentes. E o que dizer do Oriente Médio, transformado em um barril de pólvora, onde muçulmanos sunitas combatem muçulmanos xiitas, e os grupos radicais apelam para a jihad, a guerra santa, com seus métodos medievais? Na Siria, palco de todas as guerras, mais de 200 mil pessoas morreram nos últimos três anos e meio. Israelenses e palestinos continuam a se digladiar em um conflito sem fim. No Iraque, os cristãos são dizimados. Na Índia, os fundamentalistas hinduístas lutam para exterminar os muçulmanos, e as autoridades han chinesas estão esmagando qualquer expressão das populações autóctones do Tibete e do Xing Kiang. O Japão é incapaz de viver tranquilamente com os imigrantes coreanos e a Rússia de Putin fica atiçando o rancor das minorias pró-russas para desestabilizar os países vizinhos, mesmo ao risco de uma nova guerra fria.

E por aí vai: o racismo, a exclusão, a discriminação é o sentimento mais partilhado no mundo. Uma espécie de mal comum.


Correspondente em Paris há 35 anos, Milton Blay, autor do livro "Direto de Paris, Coq au Vin com Feijoada" pode ser ouvido em boletins diários nas rádios BandNews FM e Bandeirantes AM. Além do PPR, escreve semanalmente no site Por Dentro da Mídia e no Jornal Metro.


 

Cruzando na frente

Duas vitórias de nossos patrocinadores aconteceram fora do eixo Rio-São Paulo na semana que passou, a primeira de Jardim De Napoli do Haras Regina em Maroñas, e a segunda de Gigolô do Rancho 3, na Lagoinha. No conjunto de reuniões que vem por aí estaremos na torcida por nossos apoiadores, patrocine você também o PPR e entre nesta corrente.
 




 

Um Café Por Uma Barbada e Rede Turfe na TV

Com direito a homenagem do Jockey Club Brasileiro pelas pelas 200 edições que acontecerá na 5ª prova da noturna de segunda-feira, o programa Rede Turfe na TV entrevista a veterinária Adriana Lioi e os treinadores Dulcino Guignoni e Carlos Rodrigues, além de comentar os páreos principais do Cristal, Gávea e Cidade Jardim, com notícias, informações e debates. A apresentação fica por conta do jornalista João Carlos Faro, com as participações especiais de Joemil de Sousa (cadê as barbadas?), Fernando Lopes, Jorge Ignacio e Antonio Cesar Leal.

No Café a jonalista Karol Loureiro entrevista a jovem, simpática e desembaraçada Paolla Costa, filha do treinador M. T. Costa, que marcou Temperado na sexta, Bonitinhodomarion no sábado, Paint Naif na domingueira, e Nottingtomorrow na noturna. Vamos torcer para que ela seja feliz nas indicações.

Acompanhem os dois programas via site do JCB clicando aqui
 

Que País é Esse?

Prosseguindo na linha do "rir pra não chorar", mais uma seleção de charges, agora sobre a mais do que justa greve dos caminhoneiros que se alastrou e já ameaça o País de desabastecimento. Não faz sentido nenhum o governo aumentar o preço do diesel, bem como dos demais combustíveis, com o preço do barril de petróleo despencando no mercado internacional, só para pagar a roubalheira na Petrobrás.







 


 

Futebol

A Libertadores continua triste para o Galo do nosso amigo Aíres do Rancho 3, que perdeu a sua segunda partida no torneio, desta vez contra o Atlas do México em pleno Horto. Já o rival Cruzeiro, com direito a vários gols perdidos do artilheiro Leandro Damião, não passou de um empate sem gols contra o 'poderoso' Universitario Sucre da Bolívia. O Internacional recuperou-se da derrota sofrida contra o The Strongest vencendo em casa o Universidad Chile por 3x1, bem como o São Paulo o Danúbio por 4x0. San Lorenzo e Corinthians jogam no dia 4/3 em Buenos Aires sem torcida, dizem que apenas o Papa Francisco I estará nas arquibancadas. Seguindo com as previsões que fizemos na edição passada, o Boca chegará no mínimo às semifinais do Torneio.

Pelas oitavas de final da Champions tivemos a vitória de 2x1 do Barcelona sobre o City em Manchester, a surpreendente derrota do Arsenal por 3x1 em casa contra o Monaco, além dos triunfos de 1x0 da Juve sobre o Dortmund e do Leverkusen sobre o Atlético Madri, resultados que poderão ser tranquilamente revertidos nas partidas de volta.
 

Santos

Conforme adiantamos na última edição, o volante e ídolo do santista Serginho 'Clackson' Alison sofreu, pela terceira vez na sua carreira, ruptura do ligamento cruzado e será operado, devendo voltar a jogar somente em 2016. O 'Peixe' enfrenta o Linense na próxima rodada do Paulistão, e deverá pagar no Betboo no máximo 1.2: barbada!
.

 

Palmeiras

As notícias mais importantes do Verdão esta semana foram duas. A primeira que Valdivia treinou no campo pela primeira vez este ano, e que a diretoria pretende renovar imediatamente seu contrato por mais duas tempotadas, NA BASE DA PRODUTIVIDADE! O fanático esmeraldino Marcelo 'Limpinho' Colameo, ao tomar conhecimento deste fato e com receio de que o 'Mago' morra de fome, já está se movimentando junto aos turfistas e palmeirenses André Zucatto e Selim Nigri, no sentido de pressionarem o presidente Paulo Nobre obrigando-o a incluir no contrato do craque uma cesta básica. A segunda é que o treinador Oswaldo de Oliveira recebeu convite para dirigir a seleção do Japão e está estudando a proposta, os japoneses querem mais é que ele leve sua mulher já na primeira viagem.
 

São Paulo

A primeira vitória do Tricolor na Libertadores deixou claro para a maioria dos cronistas esportivos que Alexandre Pato é titular absoluto, e para este cronista em particular que Luis Fabiano não tem mais lugar no time e deveria, ou ser imediatamente vendido para o futebol chinês, ou ser aproveitado apenas no Paulistão e no Brasileirão em partidas contra times colocados nas últimas posições. Para seu lugar eu indicaria o argentino Centurión.

Já uma notícia festejada pela torcida sãopaulina e que correu solta nas redes sociais nesta quinta-feira, dá conta do interesse do Grêmio pelo meio campista Maicon. Para viabilizar o negócio, eu incluiria no pacote também o defensor Paulo Miranda e o artilheiro Ademilson.
 


 

 

Corinthians

Suas excelências os deputados corintianos Goulart (PSD-SP) e Andrés Sanchez (PT-SP) desistiram do projeto de lei que propunha a criação do Dia do Corinthians. Após a repercussão da ideia divulgada na última segunda-feira, os dois parlamentares assinaram nesta quarta-feira um pedido de retirada da matéria de tramitação na Câmara dos Deputados. Vale lembrar para aqueles que não chegaram a tomar conhecimento do assunto, que apoiado publicamente pela pela torcida organizada Gaviões da Fiel nas últimas eleições e membro vitalício do conselho do clube, Goulart havia protocolado no último dia 11 o referido projeto, também assinado pelo ex-presidente do clube Andrés Sanchez.

Os fanáticos corintianos e turfistas Caldas e Dargevitch ficaram abalados com a retirada do projeto de lei, que não seria apenas um dia para exaltar o Coringão, uma vez que várias outras ações seriam realizadas. Com exclusividade, o PPR apresenta detalhes sobre os eventos do Dia C, caso viesse a ser aprovado:

Se você for corintiano, seria possível bater um pênalti inventado em qualquer jogo de futebol, seja pelada ou oficial, basta chegar e bater.

Se um corintiano caisse na rua ou em qualquer outro lugar, um juiz de plantão marcaria pênalti imediatamente.

Qualquer cidadão poderia chamar o outro de anti, mesmo que não haja motivo para tal.

Os oficiais de trânsito seriam substituídos por árbitros de futebol.

Haveria horas ilimitadas de internet em lan houses para postar mensagens como “Aqui é Corinthians” e “Vai Timão”.

Haveria visitas guiadas ao CT do clube para ameaçar e agredir jogadores.

Não haveria delivery de nenhum tipo durante todo o dia em que houvesse jogo do Timão, ou seja, folga geral para os corintianos.

Dizer que Cássio é o melhor goleiro do País e Jadson joga mais do que Pato, não seria motivo de piadas.

Haveria transmissão de filmes caseiros de torcedores corintianos durante a programação da Globo.

Seria permitido comemorar aquele Mundial sem Libertadores, e quem zoar o fato seria preso.

Se o corintiano ultrapassasse o sinal vermelho ou cometesse qualquer infração, teria um tira-teima amigo para evitar a multa.

Para ter direito aos benefícios listados acima, o cidadão teria que comprovar sua paixão pelo clube. De acordo com o projeto de lei, bastaria apresentar o certificado de interrupção do ensino fundamental ou uma foto do Lula ou dos deputados Gulart e Sanchez para provar que faz parte do bando de loucos!
 


 

 


Apoio produção do Pega Pelo Rabo:

MARCELO LEFÈVRE
Consultor em RH

Currículos, entrevistas e seleção de profissionais


Apoio divulgação do Pega Pelo Rabo:


O ponto de encontro da inteligência com a sensibilidade.